Como enviar dinheiro para o exterior

Gostar de viajar é uma coisa, mas conseguir viajar com o câmbio nas alturas (hoje: EURO – R$ 4,51 | Dólar – R$ 3,94) é outra coisa.

Aí muitos me perguntam como resolver essa questão, a resposta é muito simples:
– TransferWise + N26 se você vai para a Europa e
– TransferWise + AxisBank se você vai para os Estados Unidos.

Mas como funciona?

Transferwise é uma empresa de transferência de dinheiro fundada em 2011 na Estônia e com sede em Londres.
O funcionamento é bem simples, basta você criar uma conta (clique aqui) no serviço e indicar a conta bancária para onde o seu dinheiro deverá ser enviado, essa conta poderá ser sua ou de um parente e amigo que more fora do Brasil. Após cadastrar a conta basta criar uma transferência informando o valor que deseja ser enviado, pronto agora é só emitir e pagar o boleto bancário e aguardar até cinco dias úteis para o dinheiro chegar à conta indicada.
E ainda dá para economizar uma boa grana, hoje o EURO pela Transferwise está a R$ 4,28 enquanto na casa de câmbio paga-se R$ 4,51.

Então é preciso ter uma conta para receber o dinheiro?

Sim e esta é a única dificuldade para utilizar o serviço, mas como dito a conta não precisa ser necessariamente sua, pode ser de um amigo ou parente que resida no exterior e aí, ao chegar no seu destino, basta sacar o dinheiro já convertido na moeda local.
Caso você tenha cidadania ou residência em outro país poderá abrir uma conta em um banco digital e receber o dinheiro através dessa conta, podendo ainda utilizar o cartão de débito para efetuar pagamentos no exterior.
Eu utilizo o N26 na Europa e o AxisBank nos Estados Unidos.

É legal?

Sim, o serviço é totalmente legal e limitado ao envio de R$ 10.000,00 em moeda estrangeira, assim como qualquer outro tipo de transferência internacional.

É confiável?

Eu utilizo a Transferwise há pelo menos dois anos e nunca tive qualquer tipo de problema nas minhas transferências, inclusivo utilizo o serviço para pagar guias, reserva de hotéis e outros serviços contratados fora do Brasil.

Quer saber mais sobre a Transferwise? Leia esse artigo: https://transferwise.com/br/blog/5-coisas-voce-precisa-saber-sobre-transferwise

Advertisements

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *